sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

ABORTO


Eu habitava meu mundo sozinho e inquestionável. Ora emocional, ora de acordo com o próprio conhecimento. Eu tinha a oportunidade de agir segundo as minhas próprias ondas, então parava. Eu encolhia diante da proibição do meu próprio ser e respeitava, mais que tudo, eu. Eu, pequena, estável até o momento em que entrei em contato, excedi meu temor, escorreguei em direção ao vulgo e, parcialmente, abandonei minha alma egoísta. Passei por pessoas, ouvi sons diferentes, me socializei. Absorvia mais do que conjecturava, seguia mais do que sentia. Eu estava sendo levada, e varrida em direção ao meu fim individual; mas algo pressionava minha cabeça, cerrava meus pés e esmagava meu coração, não havia mais alma, se foi minha vida.

12 comentários:

Míryan Paranhos disse...

Ah cada dia me orgulha mais e mais, Eldinha.
Se não fosse esse título maravilhoso, eu não entenderia. aooioioe' aliás, quem deu o título? ;D

te amo, Looups♥

Vinicius Yuri disse...

Bonito texto... E o de baixo, também...

gostei do teu blog...

http://greenbedroom.blogspot.com

layane disse...

nossa. texto emocionante e mtu bem escrito. =D

Sam disse...

olaaa
muito legal sua visao sobre este assunto
muito polemicooo

gostei do blog

www.absurdascoisas.blogspot.com

da uma comentada laa

cinemaignorante disse...

BRAVOOO!!

LINDO TEU TEXTO!

PARABÉNS!


http://cinemaignorante.blogspot.com/

greatdj disse...

Um texto muito subejtivo e emocionante.
ótimo texto que revela o seu ponto de vista.

Mimi Santos disse...

ótimo texto :)
beijão

http://o-tempo-voa.blogspot.com/

Lara Sousa disse...

Aii deu até uma coisa no peito, quando li as ultimas frases.
;S

beeijo

Jozieli Wolff disse...

Eu fico tão, mas tão feliz quando entro em blogs que trabalham o lado literal com qualidade.
Adorei! Você ganhou uma nova leitora caríssima. Parabéns, tens um lindo talento.p

mateusbonez disse...

UAU, tocante.
Adoro teu blog ;D

Espero vs
http://tiomah.blogspot.com/

J.F. Marques disse...

Belo texto, como sempre fazendo bom uso das palavras formando belas coisas, parabéns.
:*

Míryan Paranhos disse...

Quem é o orgulho da Mirynha? Quem? Quem? É você mesma, ELDAA.]
aeoiaoieoiaoi'

Posta coisa nova logo, jumenta. ♥